Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

terça-feira, 31 de maio de 2011

É o olhar. O brilho com que a olhas quando sorri. A expressão de quem ama verdadeiramente. Não passas um segundo sem ela, ou a falar dela. Um segundo sem dizeres que a amas e que é o teu mundo; que é com ela que queres ser. Sim. Só e apenas ser. Ser um tudo e nada ao mesmo tempo, pois é esse o efeito que ela tem em ti. Não saberes se hás-de rir ou chorar com tamanha felicidade por tê-la nos teus braços. E quando as palavras não traduzem o sentimento e um 'amo-te' não chega? Beijas-lhe a testa, com respeito pelo amor da tua vida.

domingo, 29 de maio de 2011

Festa de fim de aulas. Dois bailes de gala. Sábados à noite no Bubas. E agora quem é a anti-social, quem é?

sábado, 28 de maio de 2011

Amigos. Bêbados. Música. Diversão. Gargalhadas. Fotografias desfocadas. Só tenho uma palavra para ti: sangria! 

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Era disto que precisava. E é disto que vou ter hoje à noite.
Sempre foi cansativo, mas vou ter saudades de fazer relatórios até às 3 da manhã contigo, mê meniiiino.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

O teste intermédio de hoje foi um bocadinho difícil demais, não?

domingo, 22 de maio de 2011

stay strong. é apenas um novo alento.
Crying myself to sleep cause I cannot keep their attention.

I thought I could be strong but it's killing me.
Does someone hear my cry?
I'm dying for new life.
Vocês não sabem o que é ser eu. Não sabem o que é acordar todas as manhãs desejando não ter acordado. A vida continua a mesma merda e eu a mesma merda de sempre, inútil sem conseguir mudar. 
Vocês não sabem o que é lutar para agradar quem mais gostamos e receber um olhar de desprezo em troca. Ou simples palavras que atingem como balas. Não sabem o que é chorar todas as noites, pelas mesmas razões de todos estes anos que passaram. 
Não me julguem quando respondo da mesma forma, porque vocês não sabem o que é ser eu.

sábado, 21 de maio de 2011

There's something about this place.
Something, 'bout lonely nights, and my lipstick on your face.
Something, something about, my cool Nebraska guy.
Yeah, there's something about, baby, you and I.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

bloody mary, bloody mary, bloody mary.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Ser ignorante, mas feliz, ou não ser ignorante, mas infeliz?

terça-feira, 17 de maio de 2011

Está tudo errado, tudo mal! Nada faz sentido. Estou cansada, cansada de mim, cansada da merda de pessoas que me rodeiam todos os dias. Quero desaparecer, quero nunca mais olhar para trás. Não quero nem pensar que algum dia existiu vida em mim. Isso é demasiado deprimente e há o risco de cometer um feio suicídio.

sábado, 14 de maio de 2011

olá, o meu nome é ana patrícia, tenho dezassete anos e sou casada com o joão pedro desde o dia treze de maio de dois mil e onze. qualquer dia publico as fotos do casamento, prometo!

domingo, 8 de maio de 2011

Não é a dor que é cruel.
É o amor que rasga a pele.
Gosto quando me apertas as bochechas.

sábado, 7 de maio de 2011

Desespero por uma palavra vinda de ti. Palavra essa que me conforte, porque hoje é apenas isso que preciso. Desespero por ouvir tantas palavras por dia, ver pessoas vomitá-las porque não se conseguem calar e tu sem falar nada, por muito que espere que tenhas algo a dizer.
“O teu silêncio foi a mais triste conversa que até hoje tive”, e agora esta frase nunca ecoou com tanta verdade e sentido em mim. Desesperante o sentimento de amar sem se ser correspondido.

inspiração, estás aí?

domingo, 1 de maio de 2011

Pretty, pretty please, don't you ever ever feel like you're less than fucking perfect. Pretty, pretty please, if you ever ever feel like you're nothing, you're fucking perfect to me.