Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

terça-feira, 16 de novembro de 2010

então não é que agora canto fado?

Pois. E canto, e bem, segundo a minha mãe. O que já de si é suspeito. Mãe é mãe. Depois é o meu avô. Que ainda não percebi se é, ou se se acha fadista, que diz que me quer levar nas férias de Natal a uma das suas aulas de canto para o professor me avaliar. E eu agora pergunto: como é que vou cantar para alguém que não conheço, se nem para a família mais chegada o consigo fazer?

4 comentários:

  1. sim. desde pequena que amo cantar, mesmo. fado nunca cantei muito mas também gosto. só que o problema é o mesmo que o teu, tenho imensa vergonha de cantar em público, principalmente para a minha família. já cantei em festas e até já participei num concurso mas cantar para eles e para os amigos mais próximos é muito complicado e sempre que me pedem, eu digo que não x)

    ResponderEliminar
  2. é como eu. quando canto normalmente é a gozar, nunca a sério, como faço quando estou sozinha.

    ResponderEliminar
  3. não, nunca tive. mas adoraria. e tu?

    ResponderEliminar

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."