Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

É tudo uma questão de tempo. Não demoras a entrar na minha vida. Permaneces até eu cair em mim e perceber que me apaixonei pela pessoa errada. Demoras a sair da minha vida, da minha mente, da minha alma, de mim. Tenho sorte de ter o tempo, pois este cura tudo. Sara as feridas mais profundas. Cura-me deste e de outros amores.

17 comentários:

  1. nunca sabemos à primeira vista se a pessoa por quem nos apaixonamos é a errada. demoramos a perceber e é aí que dói mais. mas mesmo assim, o tempo cura tudo mas para isso é preciso força de vontade e não desmotivar. nem sempre temos as escolhas certas e temos que bater muitas vezes com a cabeça para entender as coisas.
    força :)

    ResponderEliminar
  2. Maravilhosos os teus textos. É pena seres do blogger, pois não te posso seguir ( sou da sapo) mas seguir-te hei na mesma :))

    ResponderEliminar
  3. Como já foi dito acima: gosto muito da tua escrita, Ana.

    ResponderEliminar
  4. adorei. o tempo pode ajudar a curar, mas dificilmente cura tudo. não digo que não seja bom, porque é, pelo menos alivia-nos. e muito obrigada ana <3

    ResponderEliminar
  5. É de um filme brasileiro, "Apenas O Fim", são cerca de 80 minutos só de diálogo, um pouco cansativo, mas é muito bom.

    ResponderEliminar
  6. Veja, é muito fofinho. Depois me conte o que achou...

    ResponderEliminar
  7. Obrigada! boa sorte para sarar essas feridas. beijinho

    ResponderEliminar
  8. Também acho, e por isso é tão bom ler-te! :)

    ResponderEliminar
  9. pois, não há como esconder a origem do nome já xD

    ResponderEliminar

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."