Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Quem corre por gosto, não cansa

Eu corro por gosto, canso-me, mas logo uma lufada de ar fresco vem encher-me os pulmões de ar. És tu quem respiro e não digas que não porque tu sabes disso. És tu que estás sempre lá. Inconscientemente, duas almas tocam-se sem saberem, e uma faz tão bem à outra. É, já não imagino a minha vida sem ti.

2 comentários:

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."