Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

domingo, 23 de janeiro de 2011

recordações - 4

É, eu tenho muito orgulho. Deves ser a pessoa de quem mais me orgulho. Sempre foste diferente. A tua maneira de pensar, de agir, de estar, sempre foi muito própria. Nunca tiveste receio de mostrar aquilo que és, e demonstrar aquilo que acreditas. Sim, sempre foste diferente. E diferente dos outros rapazes. Tens a tua própria personalidade e nunca te deixaste ir abaixo com palavras cruéis e gestos desumanos. Ao longo do tempo tornaste-os cada vez mais insignificantes e, cada vez mais, tornaste-te a ti mais forte. Inabalável.
Há dias em que me sinto dominada pela inveja de não ter nem um pouco da força que tens! Uma inveja saudável da qual retiro forças para lutar por mim.
Talvez por isso estes últimos dois anos conseguiram unir-nos de uma forma especial e nada igual a nenhuma outra forma. Talvez por nós sermos assim mesmo. Cada um da sua maneira especial.
Agora que chegámos até aqui não te vou largar nunca! É a ti a quem posso realmente chamar amigo!

Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

2 comentários:

  1. que texto fofinho! jesus, já estava toda assustada de teres tido o blog privado, ahah.

    ResponderEliminar
  2. que bonito, é bom ter alguém assim :')
    obrigada minha querida <3

    ResponderEliminar

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."