Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

domingo, 13 de fevereiro de 2011

ventos distintos

Porque não deixámos que a nossa história se transformasse numa bonita melodia? Porque não escrevemos a letra da nossa canção, palavra a palavra, juntos? Porque não a cantámos e cruzámos e enlaçámos as nossas vozes como ventos distintos? 
Nada seria tão difícil como agora.

2 comentários:

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."