Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Chuva de verão

A chuva de verão regressou à ilha. E eu a dormir no pequeno quarto do sotão posso ouvi-la cair na janela. É uma melodia triste para uma noite de verão, mas tal como foi hoje, na manhã seguinte nascerá um sol radioso e sorridente e aí as nuvens cinzentas desta tarde já terão desaparecido. Vou poder ouvir de novo as gargalhadas dos pequenos lá fora no terraço, enquanto brincam inocentes sob o olhar atento dos adultos da casa. 
Mas por agora, a noite me espera. Vou dormir ao som da chuva.

2 comentários:

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."