Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Abraça-me. Preciso tanto de sentir o calor do teu abraço, do teu corpo. Envolve-me nos teus braços como se de uma última vez se tratasse. O dia está a ser difícil e no fim só queria mesmo poder sentir-te. Não sabes, nem sequer imaginas a falta que me faz ter-te aqui comigo. Ouvir a tua voz, escutar a tua respiração. Por favor, vem abraçar-me esta noite.

31 comentários:

  1. que bonito, ana! que ternura.
    oh, eu não digo? és mesmo um amor, tu. e eu gosto tanto.

    ResponderEliminar
  2. muitas vezes, as pessoas não sabem o quão importantes são para outras. e isso, deixa-nos de certo modo, revoltados.

    ResponderEliminar
  3. assim espero, e digo-te o mesmo! tudo vai ficar bem ♥

    ResponderEliminar
  4. deixas-me sem jeito com os teus comentários, um enorme obrigada <3

    ResponderEliminar
  5. és um doce. gosto muito de o fazê-lo. obrigada <3

    ResponderEliminar
  6. fico tão contente por saber isso, nem sabes <3

    ResponderEliminar
  7. muito obrigada minha querida, é recíproco.

    ResponderEliminar
  8. não tens que agradecer, ora essa.

    ResponderEliminar
  9. já somos duas e eu gosto que me faças contente :')

    ResponderEliminar
  10. Sim, o concerto foi mesmo espectacular, quase 3 horas! A pior parte foi mesmo que fecharam o metro e perdi o comboio. Tive de ficar a dormir por lá e pior ainda, tive de comparar outro bilhete. Mas valeu a pena, sem dúvida :)

    ResponderEliminar
  11. Ah, e quanto ao post está super querido, adoro tanto :)

    ResponderEliminar

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."