Follow Us

top social

top navigation

Instagram

recent posts

Press

Flickr Images

Like us on Facebook

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

A cadeira de madeira

Um novo Verão. A cadeira de madeira com o tecido vermelho lá me esperava no quintal da velha casa, agora reconstruída. Estou sentada e o vento do final da tarde faz o meu cabelo esvoaçar. A paisagem? É linda. O mar é o horizonte e onde tudo é tão calmo, oiço as ondas baterem no fundo da arriba. A minha vida, podia passá-la aqui. O sol nasce, o sol esconde-se. Um ciclo que não perdia por nada. Ah, se eu pudesse decidir. Se a minha idade deixasse. A vontade tenho-a cá.

Sem comentários:

Enviar um comentário

"Nada me prende a nada.
Quero cinquenta coisas ao mesmo tempo."